Fitur 2021, em Madri, é adiada para maio

|

A Fitur 2021, que geralmente ocorre no final de janeiro, em Madri, foi transferida para o período de 19 a 23 de maio do próximo ano, devido ao cenário criado pela pandemia de covid-19. “O novo cenário fará do evento essencial para a recuperação da indústria de Viagens e Turismo, em uma época ainda com alto impacto internacional, promovendo o encontro de empresas, países e destinos e proporcionando um impulso tão necessário para a atividade turística mundial”, diz o comunicado da Fitur.

A mudança de data visa facilitar a presença dos principais players do Turismo e a organização promete contatar todos os participantes para esclarecer dúvidas e dizer os próximos passos.

A reunião do Comitê Organizador da Fitur que decidiu pelo adiamento do evento foi presidida pelo presidente do comitê e da Iberia, Javier Sánchez Prieto, e teve a participação do ministro de Turismo, Fernando Valdés, do secretário geral da OMT, Zurab Pololikashvili, do presidente da Confederação Espanhola de Agências de Viagens (CEAV), Carlos Garrido, do presidente da Confederação Espanhola de Hotéis e Acomodações Turísticas, Jorge Marichal, e do presidente da Mesa del Turismo, Juan Molas, entre outros.

Segundo a Ifema, organizadora da feira, o foco será na recuperação do Turismo, usando todas as ferramentas, especialidades e conhecimento da Fitur, reconhecida como uma das mais importantes feiras do Turismo mundial, para ajudar nessa retomada.

A Fitur é a segunda maior feira de Turismo do mundo, com mais de 11 mil empresas de 165 países, e impacto econômico de 330 milhões de euros, e tem o apoio da indústria do Turismo da Espanha para a mudança. O impacto da crise e do evento na América Latina também foi decisivo para o adiamento do evento.

Saiba mais em https://www.ifema.es/fitur.

A PANROTAS é media partner da Fitur.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA