Aerop. de Guarulhos funcionará pela metade em 2011

|

PANROTAS / Emerson Souza
A redução de 50% na malha de voos realizados em Guarulhos (SP) em 2011 deve ser um dos assuntos mais comentados e debatidos na pauta da reunião do Conselho Nacional de Turismo (CNT) amanhã, dia 22, em Brasília. A Infraero e a Anac já anunciaram a medida, que vai vigorar entre 1 de março e 31 de dezembro do ano que vem, enquanto durarem as obras de ampliação da pista do aeroporto, mas não divulgaram medidas para minimizar o transtorno para o País ou como vão compensar essa redução de voos em um dos principais terminais do Brasil. O trade está preocupado, já que já há grandes eventos fechados para São Paulo no próximo ano, fora o crescimento natural esperado.

Quais alternativas o mercado terá para atender no ano que vem a contratos que já estão fechados por empresas e eventos agendados durante todo o ano?. Representantes do Conselho de Turismo discutirão se opções como a transferência para Viracopos ou Congonhas – que teve a sua capacidade operacional reduzida após o acidente com a Tam – são plausíveis e se esses aeroportos terão capacidade para atender a essa demanda extra. Aeroportos como São José dos Campos e mesmo Guarujá estão sendo analisados.

A Anac informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que já está em contato com as companhias aéreas que operam em Guarulhos para avaliarem as melhores opções. A agência informa que até outubro já deverá ter um plano de ação que definirá quantos voos serão cancelados ou desviados para outros aeroportos.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA