Infraero sai do Aeroporto de Brasília em 30 de novembro

|

Da Agência Brasil

Até 30 de novembro, a Infraero continuará a ser responsável pela administração do Aeroporto Internacional de Brasília e conta, para isso, com um plano de obras em andamento, orçado em R$ 17 milhões. A partir desta data, o Consórcio Inframérica assume inteiramente a gestão do terminal, onde também já começou a realizar obras no valor de R$ 20 milhões, segundo o presidente do conselho do consórcio, José Antunes Sobrinho.

No total, de acordo com ele, o aeroporto de Brasília receberá investimentos de R$ 750 milhões para estar em condições de atender aos turistas durante a Copa do Mundo de 2014, já que a capital federal será uma das doze cidades-sede. Com isso, a capacidade passará de cerca de 15 milhões para 41 milhões de passageiros na fase final das obras que já foram iniciadas, após a concessão da exploração à iniciativa privada.

As informações foram dadas hoje durante a apresentação do plano do grupo vencedor da concessão do terminal aéreo de Brasília. Até 2016, o investimento total previsto pelo consórcio chega a R$ 1,1 bilhão. Desse total, pelo menos 70% serão financiados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o que corresponde a R$ 700 milhões. O restante vem de recursos próprios.

“Nosso trabalho agora é realizar, com eficiência, todas as melhorias, obras de ampliação e modernização do aeroporto e de sua operação e é nessas tarefas que estamos concentrando nossos esforços. Mas é preciso pensar que este é um projeto de longo prazo: trabalhamos o agora de olho nos próximos anos.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA