AVIAÇÃO

Abracorp: tarifa aérea doméstica deve subir 20% no 2º tri


Jhonatan Soares
O presidente do Conselho de Administração da Abracorp, Carlos Prado
O presidente do Conselho de Administração da Abracorp, Carlos Prado
Os acontecimentos envolvendo a Avianca Brasil contribuirão significativamente para um aumento de 20% nas tarifas aéreas domésticas no segundo trimestre deste ano, de acordo com o presidente do Conselho de Administração da Abracorp, Carlos Prado.

“Mesmo sem esses acontecimentos, já esperávamos um aumento de 12% no valor das tarifas, porém os ocorridos com a Avianca reforçarão ainda mais este fator, considerando que a diminuição de oferta resultará na alta no tíquete médio”, destaca Prado.

No que se refere aos resultados do primeiro trimestre deste ano divulgados pela associação hoje, Prado os considera uma consequência do otimismo dos empresários. “As viagens corporativas são um termômetro muito interessante da economia. Do final de 2018 para o início de 2019, a expectativa dos empresários estava bem elevada e isso refletiu na quantidade de negócios realizados no primeiro trimestre deste ano”, comenta o presidente do Conselho de Administração da Abracorp.

Para o segundo semestre, Prado aposta em um crescimento de 4% no número de viagens e vouchers de hotéis, no comparado com o mesmo período de 2018.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA