Alagev promove primeira edição do evento Hub ESG em São Paulo

|


PANROTAS / Emerson Souza
Grace Kelly Cauzo (Queensberry), Ana Paula Arbache (Arbache Inovation) e Giovana Jannuzzelli (Alagev)
Grace Kelly Cauzo (Queensberry), Ana Paula Arbache (Arbache Inovation) e Giovana Jannuzzelli (Alagev)
A Alagev promove hoje (4) em São Paulo a primeira edição do Hub ESG, que reúne gestores de viagens e fornecedores para debater práticas relacionadas ao ESG (Environmental, Social, and Corporate Governance), sigla que em português significa Governança Ambiental, Social e Corporativa.

"A ideia do evento surgiu em dezembro do ano passado. A Alagev já vinha observando um movimento relacionado ao ESG de forma fragmentada nos eventos e então eu comecei a procurar no Linkedin pessoas que fossem especialistas no tema para falar sobre ele. Encontrei a gerente geral de Eventos e Viagens de Incentivo da Queensberry, Grace Kelly Cauzo, e, em parceria com a CEO da Arbache Inovation, Ana Paula Arbache, demos início à primeira edição do evento", conta a diretora executiva da entidade, Giovana Jannuzzelli.

De acordo com ela, o objetivo do Hub ESG é unir gestores de viagens e fornecedores que tenham em comum a prática do ESG em suas empresas, proporcionando um ambiente de co-criação para boas práticas de governança e sustentabilidade. "O evento nos permite entender quais são as demandas atuais do cliente em relação ao fornecedor e de que forma esse fornecedor pode traçar um cronograma para realizar as ações ESG, já que isso não é implementado do dia para a noite. É importante observar que os participantes são multiplicadores e influenciadores e poderão levar o aprendizado obtido no Hub para o mercado", completa.

O evento desta quinta-feira é realizado no modelo híbrido: presencialmente no hotel Renaissance, em São Paulo, e também virtualmente, permitindo que gestores e fornecedores de todo o Brasil participem. "Em breve, a Alagev terá uma certificação de ESG para os fornecedores", conta Giovana.


O ESG no setor de viagens corporativas
De acordo com a CEO da Arbache Inovation, Ana Paula Arbache, a aplicação de uma agenda estratégica de ESG nas empresas é fundamental para impactar os negócios de forma positiva.

"Os líderes das empresas devem ter consciência de que as boas práticas de ESG não trazem custos, mas, sim, oportunidades. E de que ao implantar o ESG em suas ações não devem embutir custos para os clientes", comenta Ana Paula.

"Em uma viagem corporativa, por exemplo, as ações de ESG podem ser implementadas em toda a jornada dos viajantes e também na jornada de quem receberá esses viajantes. É preciso pensar como proporcionar uma experiência com valor adicional, seja contratando um fornecedor local para essa viagem ou trazendo um grupo cultural que agregue algo para quem está participando", comenta a CEO da Arbache Inovation.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA