Como o comprador lida com o corte de comissões para grupos? | Gestão de viagens | PANROTAS
GESTÃO DE VIAGENS

Como o comprador lida com o corte de comissões para grupos?

Dreamstime
Após Marriott, Hilton e IHG anunciarem a redução das comissões vinculadas a reservas de grupos e reuniões, as empresas passaram a enfrentar a perspectiva de custos mais altos para seus programas de reuniões e eventos.

É o que mostra um recente estudo divulgado pela Carlson Wagonlit Travel (CWT), no qual a diretora global de Soluções e Análises da CWT Meetings & Events, Rachel Lunderborg, explica o que os compradores podem fazer para mitigar o impacto desses cortes de comissão.

“As comissões são uma maneira de manter os custos baixos para o programa. Os cortes obrigarão o comprador a se tornar mais estratégico para compensar os custos maiores, tanto no que se refere à gestão quanto ao controle", explica Rachel.

Isso inclui a implementação de acordos preferenciais com fornecedores e o foco em outros termos e condições.

"É preciso negociar duramente os termos de negócios para compensar a diferença da redução na comissão. As organizações precisam reorientar seu volume de negócios e direcionar seus gastos aos fornecedores que não cortaram comissão. É aí que a diferença pode ser feita", destaca a executiva.

O estudo pode ser acessado na íntegra por meio deste link.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA