Locadoras apostam em carros self-driving para o futuro | Mercado | PANROTAS
MERCADO

Locadoras apostam em carros self-driving para o futuro

Reprodução Youtube/Mundo de Android
Utilitários esportivos Lexus RX450h foram escolhidos por Hertz e Apple para testar tecnologia self-driving
Utilitários esportivos Lexus RX450h foram escolhidos por Hertz e Apple para testar tecnologia self-driving
Se reinventar no mercado de aluguel de automóveis não tem sido tarefa fácil para as locadoras. Investimentos e tentativas, porém, não faltam, principalmente quando se fala no uso de tecnologia para se diversificar.

Um exemplo disso é a Localiza. Recentemente a locadora lançou o Localiza Fast, aplicativo que permite que o consumidor, ao chegar na concessionária para retirar seu carro, localize-o sem a necessidade de nenhum contato humano, fazendo tudo pelo seu smartphone: o app indica em qual vaga o automóvel está e faz até mesmo a abertura do mesmo, tudo automatizado.

O próximo passo da locação de automóveis, porém, pode ser ainda mais "futurista": o sistema self-driving (de autocondução) nos veículos, excluindo a necessidade do cliente dirigir o automóvel. As gigantes Hertz e Avis, inclusive, são duas que já se encaminham para isso, com parcerias com a Apple e com a Waymo, do Google, respectivamente.

A primeira delas fechou com a Apple em junho deste ano um acordo de locação de uma pequena frota de Lexus RX450h (foto no topo). O objetivo? Realizar testes do novo sistema self-driving da Apple nos automóveis, que serão gerenciados pela Hertz. A CEO da locadora, Kathryn V. Marinello, já deu inclusive uma estimativa para esta nova tecnologia entrar em pleno funcionamento no mercado: de 8 a 10 anos. "A boa notícia para nós é que quanto mais tempo e dinheiro gastamos para investir nisso, mais nos posicionamos para vencer no futuro", afirmou a empresária para o site norte-americano Skift.

Já a Avis fechou parceria com o Alphabet Inc., conglomerado dono do Google, para gerenciar a frota de automóveis de seu programa-piloto de auto-condução, nomeado Waymo. O acordo, fechado também em junho, envolve minivans Chrysler Pacific da cidade de Phoenix, capital do Arizona, veículos em que os testes estão sendo realizados e que serão administrados pela locadora. "Estamos completamente abertos para qualquer perspectiva de aumento na gestão de veículos que eles (Waymo) quiserem de nós. Além disso, estamos examinando outras oportunidades para fornecer gerenciamento de frotas do tipo no futuro", afirmou o CEO da Avis Budget Group’s, Larry De Shon.

Além de adiantar passos para melhor se posicionar no mercado no futuro, o investimento na tecnologia self-driving, ainda segundo o Skift, ajudou ambas as companhias a apresentarem uma melhora nas ações, após quedas nos últimos anos. A Hertz, por exemplo, após uma queda de 75% em 12 meses devido a redução em receitas e lucro, teve a maior ascensão nas ações em dois anos após o acordo ser anunciado, de 13%; já a Avis teve o maior salto em cinco anos, com um aumento de 21% nas ações.


*Fonte: Skift

conteúdo original: http://bit.ly/2w6D1eq
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA