Viagens corporativas passam por transformação para encarar a crise

|



No embalo do Lacte 16, que acontece esta semana, a nova edição da Revista PANROTAS é Especial Viagens e Eventos Corporativos. Se o Turismo foi afetado pela pandemia de covid-19, o segmento dos viajantes a trabalho sofre ainda mais, e é por isso que os players envolvidos buscam RESSIGNIFICAÇÃO.

Ressignificação é o tema mais abordado nesta matéria. As viagens corporativas não serão mais como no pré-pandemia, e resta aos players se adaptarem a essa realidade.

É o caso da LTN, que, em joint-venture com a Teresa Perez Tours, criou uma nova TMC, focada no C-Level das empresas. Também é o caso da Copastur, que lançou uma Travel Tech.

O presidente da Abracorp, Rubens Schwartzmann, fala em remodelação do papel das agências de viagens corporativas, enquanto o papel do gestor de viagens é aumentado dentro das grandes empresas.

Na hotelaria, uma nova rotina para quem tinha eventos como fonte de receita e as alternativas para a falta de reservas na pandemia.


 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA