Cerca de 80% dos viajantes corporativos preferem usar chatbots

|

Shutterstock

Para muitos viajantes corporativos, os chatbots vinculados aos operadores de viagens e provedores de acomodação são ferramentas que têm cada vez mais valor. Segundo um levantamento feito pela Booking, cerca de 80% dos viajantes preferem utilizar serviços autônomos para obter as informações de que precisam.

A pesquisa ainda revela que metade deles (50%) não se incomoda se estão lidando com uma pessoa de verdade ou com um computador, desde que as perguntas sejam respondidas.

"Ao planejar uma viagem de negócios em particular, os viajantes querem garantir que não enfrentem nada desconhecido. Então, garantir que quaisquer dúvidas possam ser respondidas rapidamente, deixará o viajante tranquilo, e isso minimizará qualquer stress adicional", destaca a empresa.

Além da velocidade e simplicidade, os chatbots oferecem a contínua oportunidade de melhorar a experiência do cliente, com a habilidade de ir além em uma grande quantidade de informações — tarefa que um ser humano demoraria muito mais para processar.

Apesar disso, a inteligência artificial (AI) não se trata de substituir a interação humana, mas sim um veículo para facilitar uma experiência ainda mais personalizada, gratificante e sem atritos para o cliente. A combinação vencedora de interação humana e a computadorizada tem alimentado uma experiência de viagem mais personalizada, recompensadora e sem atritos.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA