Viajantes corporativos jovens são menos exigentes com alimentação | Pesquisas e Estatísticas | PANROTAS
PESQUISAS E ESTATÍSTICAS

Viajantes corporativos jovens são menos exigentes com alimentação

Dreamstime
Uma pesquisa realizada pela Global Business Travel Association (GBTA), feita em parceria com a Dinova, apontou que viajantes corporativos possuem diferentes hábitos em relação à alimentação e aos serviços solicitados, dependendo da faixa etária que a pessoa faz parte.

Os mais jovens são menos exigentes e buscam refeições rápidas e simples, enquanto os mais velhos tratam almoços e jantares como oportunidades de negócios em bons restaurantes.

De acordo com a análise, 51% dos millennials (entre 18 e 34 anos de idade) comem em fast foods durante suas viagens a trabalho. A mesma taxa é vista entre a geração X (entre 35 e 54 anos), mas com restaurantes casuais como prioritários. Já entre os baby boomers (acima de 55 anos), restaurantes mais sofisticados, que oferecem carta de vinhos, por exemplo, são preferência de 79% dos entrevistados.

Entre os mais velhos, 63% optam por tomar o café da manhã no hotel, 38% almoçam e 52% jantam com seus clientes. Na faixa etária do meio, 18% fazem a primeira refeição do dia com clientes e compartilham almoços (31%) e jantares (30%) com colegas de trabalho. Já entre os mais jovens, 23% almoçam por conta própria e com agilidade, e 18% usam serviços de entrega para jantar.

O levantamento também constatou que os millennials são os menos exigentes em relação às comodidades oferecidas pelos hotéis. Dos entrevistados, 66% não utilizam serviços de quarto extras e 70% não consomem café ou snacks, mesmo que a política da empresa permita esses tipos de gastos.


*Fonte: GBTA

conteúdo original: https://bit.ly/2OOFjFP
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA