PESQUISAS E ESTATÍSTICAS

Preços globais de viagens devem desacelerar em 2020

Depois de sofrerem aumentos acentuados em 2019, os preços no setor global de viagens deverão desacelerar em 2020. A expectativa é de que as tarifas de voos subam apenas 1,2%, os hotéis 1,3% e os aluguéis de carros tenham alta de 1%, segundo a sexta edição anual do Global Travel Forecast, da CWT em parceria com a GBTA.

Dreamstime
"Os riscos e as incertezas aumentaram nos últimos meses, além da ameaça de guerras comerciais, o impacto do Brexit, possíveis choques de oferta de petróleo e a crescente probabilidade de recessão", afirma o presidente e CEO global da TMC, Kurt Ekert.

Segundo o levantamento, que analisa os dados gerados pelo CWT Solutions Group e traz as tendências do mercado de viagens corporativas, a atividade econômica na América Latina continua a crescer, embora de forma mais lenta do que o que foi previsto anteriormente.

A região deverá registrar uma expansão de 2,5% em 2020. A situação política e econômica volátil em algumas das maiores economias, como Argentina, México e Brasil, está como um dos fatores previstos a prejudicarem as perspectivas.

AVIAÇÃO

Devido às longas distâncias, ao crescimento da classe média e à baixa penetração das viagens aéreas, ainda há muitas oportunidades a serem trabalhadas e as companhias aéreas estão aproveitando este cenário. Desde 2017, novas transportadoras entraram no mercado e as de baixo custo tiveram participação significativa no Brasil, México e Colômbia.

HOSPITALIDADE

Quanto ao setor de hospedagem, após um declínio estável em novos hotéis, desde o pico registrado em 2015/2016, os indicadores estão melhorando, com o México liderando o caminho. Nos primeiros três meses de 2019, 11 novas propriedades foram abertas na região, com crescimento previsto para continuar ao longo de 2020.

TERRESTRE

Já em relação ao transporte terrestre, um pequeno aumento no aluguel de carros é impulsionado pela demanda crescente no Brasil. As locadoras de veículos relatam uma mudança cultural no sentido de compartilhar carros em vez de possuí-los e o crescimento do Turismo também está impulsionando a indústria.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA