TECNOLOGIA

Reservas fora do canal continuam sendo um obstáculo

Apesar da ampla adoção de ferramentas de reservas on-line pelas empresas, o uso desses canais pelos viajantes corporativos continua sendo uma luta para muitas corporações. Mas um novo estudo indica que processos de reserva simplificados podem ajudar nesta questão.

Dreamstime
Dos 202 compradores de viagens corporativas pesquisados globalmente pelo Acte e pela Amex GBT, 92% adotaram ferramentas de reservas on-line, enquanto 81% obrigam seus viajantes a reservarem nessas plataformas.

No entanto, menos de 5% dos entrevistados relataram a adoção completa de uma OBT e apenas 59% afirmaram adotar mais de 70%. Enquanto isso, 5% dos compradores disseram utilizaram menos de 10%.

Entre os principais obstáculos à adoção, o destaque vai para a educação dos colaboradores sobre a importância da reserva no canal. Apenas 47% dos gestores de viagens se comunicam regularmente com os funcionários sobre as ferramentas preferenciais das empresas e 8% disseram que suas companhias nunca tiveram esse tipo de comunicação, nem mesmo durante o processo de integração.

Para impulsionar o compliance, muitas empresas planejam fazer a experiência na OBT um espelho das compras de viagens pessoais dos colaboradores. “A jornada de reserva precisa ser altamente flexível e deve ter a aparência e a sensação de quando eles reservam seus deslocamentos a lazer”, afirma o diretor de pesquisas do Acte, Fitzgerald Draper.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA