DESTINOS

Azul e Bariloche fecham acordo de voo regular


Marluce Balbino
Leo Tiberi e Diego Piquín, do Emprotur, e Gastón Burlon, secretário de Turismo de Bariloche
Leo Tiberi e Diego Piquín, do Emprotur, e Gastón Burlon, secretário de Turismo de Bariloche

O Turismo de Bariloche tem muitos motivos para comemorar nesta 47ª Abav Expo. A melhor notícia para o escritório do destino patagônico, Emprotur, é que a Azul manterá de maneira regular seu voo de Campinas (SP) até a cidade argentina. O serviço acontece todos os sábados, saindo do Brasil às 10h e voltando às 16h30, em um A320neo para 174 passageiros.

E se você pensa que o verão de Bariloche não é atrativo, está enganado. Na temporada mais quente do ano, o destino recebe mais turistas do que no inverno, sendo que 40% são estrangeiros. "Muitos norte-americanos e chilenos frequentam Bariloche no inverno, e queremos mostrar nosso verão também para os brasileiros. Uma temporada de paisagens únicas, aventura, gastronomia, natureza, atividades aquáticas, bike, cavalgadas, montanhismo, cervejas artesanais e, principalmente, preços menores em relação ao inverno, que somado ao câmbio favorável, faz o destino ser muito competitivo por aqui", afirma o diretor executivo da Emprotur, Diego Piquín.

A operadora da Azul, Azul Viagens, tem pacotes promocionais a R$ 1,2 mil somados voo e hotel, contam os representantes de Bariloche.

BALANÇO DO INVERNO

A temporada de neve foi altamente favorável para Bariloche em 2019, conta Leo Tiberi. "Recebemos 40% mais brasileiros em comparação à alta de 2018. A ocupação dos voos entre o País e o destino de neve foi de 95% no período."

BARILOCHE À LA CARTA

Entre os dias 7 e 14 de outubro deste ano, o destino receberá o evento gastronômico Bariloche à La Carta. A proposta principal do evento é fazer com que os visitantes conheçam a alta gastronomia da região, combinando paisagens e sabores únicos.

Além do evento, o destino também tem expectativas com o Natal.

Veja todas as notícias da Abav Expo 2019 neste link: http://bit.ly/abav2019
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA