Retomada do aéreo está mais lenta que da hotelaria segundo relatório Sabre

|

A recuperação das vendas aéreas pelas agências de viagens no Sabre está mais lenta que a comercialização de hotéis, revela relatório do GDS. Em maio, as vendas de passagens aéreas no Sabre foram 62% menores que em maio de 2019. Já a venda de hospedagem esteve apenas 35% abaixo de 2019. Em número de passageiros, a queda no Sabre é de 44% sobre o mesmo mês em 2019.

O relatório mostra uma evolução das vendas de acordo com o aumento da vacinação em todo o mundo, com as viagens domésticas dominando as métricas.

SABRE


 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA