ILTM Cannes: Papel do consultor de viagens está ainda mais valorizado

|

CANNES (FRANÇA) – Com a ILTM Cannes, a principal feira de Turismo de luxo, acontecendo na Riviera Francesa, depois de não ter sido realizada no ano passado por conta da pandemia de covid-19, não há como falar de outro assunto que não seja todas as mudanças que a crise sanitária causou no mundo, nas viagens e nos viajantes. A forma de conhecer lugares e voltar a outros já conhecidos não é a mesma e pode ser que ainda passe por muitas transformações.

PANROTAS / Beatrice Teizen
Javier Arredondo, diretor geral para América Latina e Caribe da Virtuoso
Javier Arredondo, diretor geral para América Latina e Caribe da Virtuoso
“No segmento de luxo, vemos viajantes procurando por destinos e propriedades mais isolados, casas privadas, com natureza, uma grande busca por vilas privativas... Também notamos que as estadas estão sendo mais longas. Além disso, a preocupação com a sustentabilidade, que não é algo novo, mas se tornou mais evidente com a pandemia, está super em alta. O consumidor quer saber o que os hotéis estão fazendo em relação ao meio ambiente”, diz o diretor geral para América Latina e Caribe da Virtuoso, Javier Arredondo.

Além disso, diante dos diversos desafios que o novo coronavírus impôs às viagens, o papel dos consultores de viagens – os travel advisors, como a Virtuoso os chama – se tornou mais necessário do que nunca. Viajar passou a ser algo mais difícil, regras mudam a cada hora, países fecham de um dia para o outro, por isso, ter a consulta, o conselho, de quem realmente entende se tornou ainda mais imprescindível.

“Não é mais operacional, eles se tornaram verdadeiros consultores. E as pessoas entenderam o valor deste profissional. A percepção do viajante sobre a expertise do consultor de viagens realmente mudou. Estão valorizando mais ter alguém que sabe o que está acontecendo, que entenda o que você quer e esteja por dentro de todos os procedimentos relacionados à covid-19 no mundo”, pontua Arredondo.

O executivo ainda aponta que os consultores estão mais ocupados agora do que eram antes do surgimento da pandemia. Inclusive, uma tendência que a rede global de agências está vendo é que alguns estão cobrando por seu tempo de trabalho e não somente a comissão.

“Ele fará toda a pesquisa, a consulta, as reservas, receberá a comissão de um hotel, por exemplo, mas também cobrará um valor por sua hora. Antes, isto não era algo tão óbvio, mas, hoje, as pessoas entendem, porque têm respeitado o trabalho do consultor de viagem. E, para mim, isto é muito positivo no sentido de que este profissional terá mais respeito e os viajantes entenderão cada vez mais o valor dele e o que ele realmente faz por seus clientes. Não são só reservas, são conselhos e consultas”, explica.

BRASIL
Há seis meses neste cargo – que é novo, não existia antes –, Arredondo tem como missão fazer crescer o negócio da Virtuoso na América Latina e Caribe. Ele explica que esta é uma nova estratégia internacional da empresa, que colocou um diretor geral nas cinco regiões do mundo. Mais pessoas serão contratadas para fazer o mercado, que inclui Brasil, crescer.

Sobre Brasil, o executivo conta que membros brasileiros estão dizendo que a recuperação está sendo muito mais rápida do que imaginaram. De que eles estão surpresos de o quão rápido seus clientes começaram a viajar. Assim que um país abre para viajantes brasileiros, lá estão eles.

“Uma coisa de interessante que aconteceu no último ano foi o boom de turistas do Brasil no México para fazer a quarentena para entrar nos EUA. Muitos viajantes de luxo descobriram agora o México, eles não iam para lá. Do nada, tiveram de ir para passar duas semanas e conheceram todas as belezas do país. A pandemia nos forçou a fazer coisas que normalmente não faríamos e está mudando a maneira como as pessoas estão viajando.”

O desafio que fica é que, como os viajantes estão focando em menos destinos (naqueles que estão abertos para turistas), os preços estão subindo. Javier Arredondo diz que hotéis em Paris e Nova York, por exemplo, estão supercaros, pois todo mundo está indo para lá. Não há mais como ir para Tóquio, Shanghai ou Hong Kong. Com isso, os valores subiram muito em muitos lugares. Mais uma vez, mostrando como as viagens se transformaram e poderão se transformar ainda mais.


O Portal PANROTAS é media partner da ILTM Cannes, viaja a convite da organização do evento, com seguro viagem GTA, incluindo proteção contra covid-19

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA