Os 10 aeroportos que mais crescem nos EUA e seus porquês | Aeroportos | PANROTAS
AEROPORTOS

Os 10 aeroportos que mais crescem nos EUA e seus porquês

Divulgação/Visit Dallas
Dallas Love Field, no Texas, foi o aeroporto que mais cresceu nos últimos 10 anos
Dallas Love Field, no Texas, foi o aeroporto que mais cresceu nos últimos 10 anos
Uma pesquisa elaborada pela Upgraded Points analisou a variação do número de passageiros nos aeroportos dos Estados Unidos entre 2007 e 2017 e chegou a uma lista com os dez que mais cresceram no período. O estudo levou em consideração apenas terminais que já recebiam mais de três milhões de viajantes no primeiro ano da análise.

1 – Dallas Love Field (DAL), Texas = + 47,48%
Com o fim da Emenda Wright, que vigorou de 1980 a outubro de 2014, o aeroporto ficou livre para ampliar suas operações, e foi exatamente isso que aconteceu. Localizado perto do centro de Dallas e impulsionado pela Southwest Airlines, o terminal registrou o maior crescimento em volume de passageiros nos últimos dez anos.

2 – Austin-Bergstrom International (AUS), Texas = +38,62%
Apesar de ainda ser dominado pelas rotas domésticas, o aeroporto teve um aumento de 22% em suas operações internacionais ano a ano. Atualmente, British Airways, Condor Airlines e Scandinavian Airlines oferecem voos diretos para Londres, Frankfurt e Estocolmo, respectivamente.

3 – Louis Armstrong New Orleans International (MSY), Luisiana = + 37,40%
Além da recuperação da cidade pós-furacão Katrina, o aeroporto também funciona como hub para a Southwest Airlines e exerce papel importante nas operações da Spirit Airlines, o que explica seu forte crescimento na última década. Um novo terminal está programado para 2019.

4 – San Francisco International (SFO), Califórnia = + 35,76%
Mais de 55 milhões de pessoas passaram pelo aeroporto apenas em 2017, ano que registrou o 14º aumento consecutivo do terminal. Apesar de ter 36% mais passageiros que em 2007, o número de voos subiu apenas 14%, o que evidencia a operação de aeronaves maiores nos últimos tempos.

5 – Houston William P. Hobby (HOU), Texas = + 35,17%
Mais uma vez a Southwest aparece como fator decisivo para o resultado positivo. A companhia aérea fez seu primeiro voo internacional do aeroporto em 2015 e desde então o crescimento foi vertiginoso, saltando de 76 mil passageiros anuais para 404 mil em 2016.

6 – Seattle-Tacoma International (SEA), Washington = + 31,89%
Novas rotas diretas para Londres, Cidade do México e Dublin pela Virgin Atlantic, Aeromexico e Aer Lingus, respectivamente, impulsionaram o crescimento internacional do aeroporto, enquanto as operações da Delta e da Alaska Airlines foram responsáveis pelos maiores ganhos domésticos. Até 2022, US$ 3,2 bilhões serão investidos na modernização do terminal.

7 – Fort Lauderdale/Hollywood International (FLL), Flórida = + 29,95%
Com custos de operação menores que o Miami International, o aeroporto de Fort Lauderdale recebeu de braços abertos voos das low costs Southwest, Spirit e Jetblue nos últimos anos. Em 2019, reformas deixarão o terminal fechado entre junho e outubro.

8 – Nashville International (BNA), Tennessee = + 29,19%
A cidade vive um boom imobiliário e sua população está em franca progressão, assim como seu apelo turístico, muito baseado em aspectos culturais norte-americanos. A música está diretamente relacionada com o sucesso de Nashville.

9 – Los Angeles International (LAX), Califórnia = + 26,97%
Quinto aeroporto mais movimentado do mundo e o segundo dos Estados Unidos, o LAX segue crescendo tanto no segmento corporativo quanto no de lazer. É o terminal com o maior número de rotas diretas internacionais da costa oeste.

10 – Boston Logan International (BOS), Massachusetts = + 26,53%
Hub da Delta e estratégico para as operações da Jetblue, o aeroporto cresceu tanto de maneira doméstica como internacional. Em 2006, 26 rotas seguiam para fora do país. Hoje, são 54, incluindo voos diretos para o Brasil e a Colômbia.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA