Infraero adota novas medidas de proteção; veja fotos

|

Divulgação
Adesivos foram colocados para orientar sobre o distanciamento social nos aeroportos
Adesivos foram colocados para orientar sobre o distanciamento social nos aeroportos
A Infraero iniciou uma campanha de orientação aos passageiros e funcionários da sua rede de aeroportos no combate ao coronavírus. As ações incluem a instalação de adesivos de sinalização e orientação por todo o caminho que o viajante faz para o embarque e desembarque de um voo; além de avisos em áudio e vídeo nos sistemas de som e painéis de voos, e cartazes pelos terminais. O foco dos alertas é no uso de máscaras durante a permanência no aeroporto e na viagem; distanciamento entre os frequentadores dos terminais e higienização das mãos.

A nova sinalização começou a ser aplicada em 14 aeroportos de capitais e fronteiras (Manaus, Belém, Macapá, São Luís, Boa Vista, Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba, Goiânia, Campo Grande, Palmas, Rio Branco, Foz do Iguaçu e Porto Velho) e, gradativamente, será estendida aos terminais que contam com voos de companhias aéreas. Estas, por sua vez, também poderão contribuir com esse trabalho orientando seus funcionários e clientes.

Intitulada “Cuide ainda + de você e dos outros”, o objetivo da campanha é preparar os terminais para o aumento da circulação de pessoas garantindo a segurança de todos.

CONGONHAS
Divulgação
Aeroporto de Congonhas
Aeroporto de Congonhas
No Aeroporto de Congonhas, em São Paulo (SP), passageiros encontrarão orientações através de adesivos instrutivos no momento do check-in, embarque, desembarque, nas áreas de raio-x, nas esteiras de retirada de bagagens; ao usar escadas, elevadores e longarinas; ou mesmo na entrada em estabelecimentos comerciais e praça de alimentação. Além disso, os check-ins agora contam com proteção acrílica para a proteção de passageiros e atendentes das companhias aéreas.

“O Aeroporto de Congonhas adotou todos os protocolos de higienização e segurança de passageiros e funcionários, intensificando a limpeza de áreas comuns do aeroporto, bem como ampliou a disponibilização de itens de higiene. Todas as medidas estão em consonância com as diretrizes do Ministério da Saúde e visam a proteção de todos que precisarem utilizar o aeroporto”, explicou o superintendente do Aeroporto de Congonhas, João Marcio Jordão.

O transporte de passageiros para embarques e desembarques remotos também está mais rigoroso no terminal paulista. Agora, cada ônibus transporta até 30 passageiros por vez, todos sentados e respeitando as distâncias mínimas determinadas pela Anvisa. Vale destacar que a Infraero também reforçou a limpeza desses ônibus, especialmente em relação às superfícies de contato em modo preventivo. A administração aeroportuária também providenciou a troca de todo o sistema de ar condicionado do aeroporto.

Diante da crise do novo coronavírus, a Infraero esclarece que o serviço aeroportuário nos 48 terminais sob administração da empresa está ocorrendo normalmente e a oferta de voos está seguindo a malha aérea definida pelas empresas aéreas e Anac. Dessa forma, a Infraero recomenda que se dirijam aos aeroportos apenas aquelas pessoas que precisam viajar de avião.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA