Alagoas recupera 75% da malha aérea pré-pandemia

|

Com 19 voos diários previstos, em média, para dezembro, Alagoas recupera cerca de 75% do seu contingente aéreo pré-pandemia, quando a frequência destas operações eram de 26 em média.

A Secretaria de Turismo do estado aponta que um dos motivos para essa alta foi o anúncio da Gol, que oferecerá, a partir do dia 18 de dezembro, mais seis voos diários e diretos para o Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, em Maceió. A empresa retoma os voos entre a capital alagoana e o Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, com duas frequências diárias e diretas.

Além disso, a Setur afirma que Brasília também contará com mais conexões diretas para Maceió, saindo de um para três voos por dia. Também em São Paulo, o Aeroporto de Guarulhos contará com mais dois voos diretos para a capital alagoana, contabilizando quatro por dia. Ainda neste mês de novembro, Salvador contará com quatro voos semanais, sendo um operado exclusivamente pela Gol e três em parceria com a VoePass.

Divulgação
Aeroporto Zumbi dos Palmares, em Maceió
Aeroporto Zumbi dos Palmares, em Maceió
INCENTIVOS
Desde o ano passado, as principais companhias aéreas do país - Gol, Latam e Azul - contam com o incentivo concedido pelo Governo de Alagoas para o fomento da malha aérea do Estado. Com esse acordo, o executivo estadual garante às empresas a redução de 12 para cotas de 8, 6 e 5% do ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre o Querosene de Aviação (QAV), responsável por cerca de 40% dos custos de operação das aeronaves. Na alta temporada de verão do ano passado, esta medida rendeu ao estado o acréscimo de aproximadamente de 40 mil turistas
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA