Filip Calixto   |   12/06/2024 15:08
Atualizada em 12/06/2024 15:10

Congonhas terá 33% de aumento nas vagas para carros de apps

Total de vagas disponíveis para carros chamados por aplicativos passará de 39 para 52 em julho

Divulgação Infraero
Gestão do terminal tem como objetivo melhorar o fluxo viário no terminal e aumentar o conforto dos usuários
Gestão do terminal tem como objetivo melhorar o fluxo viário no terminal e aumentar o conforto dos usuários

A Aena vai aumentar, a partir de julho, em 33% o número de vagas da nova Zona de Embarque de Aplicativos do Aeroporto de Congonhas. De acordo com o projeto da administradora do terminal, o total de pontos destinados ao embarque de passageiros em carros de aplicativos e particulares passará das atuais 39 para 52. As mudanças têm como objetivo melhorar o fluxo viário no terminal e aumentar o conforto dos usuários.

Esse aumento será possível com a redistribuição das vagas existentes no piso inferior. Haverá a redução das atuais sete vagas de ônibus para duas. Com isso, serão criadas 13 novas vagas para carros de aplicativos. As mudanças pretendem aumentar a fluidez e melhorar o trânsito para todos os passageiros que utilizam o Aeroporto de Congonhas.

Além do aumento de vagas, a Aena irá aprimorar a sinalização e orientação do meio-fio com o objetivo de facilitar o encontro entre motoristas e passageiros. Entre as ações previstas, estão a instalação de setores de embarques, com indicações por números e cores, para que os passageiros aguardem no local exato da parada de seus veículos, melhorando a organização do tráfego e reduzindo o tempo de espera. Com a maior agilidade, haverá uma redução no tempo de permanência dos veículos no local e aumento da capacidade de embarque de passageiros.

A Aena também vai reforçar as equipes para atuação no bolsão e áreas de embarque dos passageiros. Serão contratados 23 profissionais para orientação aos passageiros e motoristas na área de embarque. Uma primeira equipe já está em atuação, em caráter de treinamento.

Para melhorar o conforto dos passageiros durante o período de espera dos carros de aplicativos, a Aena irá criar um lounge na parte externa do terminal. O local contará com assentos e pontos de energia para carregamento de equipamentos eletrônicos. Durante a espera, os passageiros também podem se conectar gratuitamente à internet na rede wi-fi da Aena.

Bolsão para carros de aplicativos

Enquanto esperam por uma chamada, os motoristas de aplicativos poderão aguardar, a partir de julho, em um local adequado. O novo bolsão terá uma área total de 4 mil metros quadrados e capacidade para 145 vagas para veículos à espera de passageiros. Com a área em construção, os motoristas não precisarão mais circular pelas vias internas e externas do aeroporto enquanto aguardam uma nova chamada. Com a redução de recirculação de veículos no entorno do aeroporto, haverá uma melhora no trânsito local para todos os passageiros.

O novo bolsão de espera para motoristas de aplicativos ficará localizado na entrada do sítio aeroportuário, próximo ao atual bolsão destinado a táxis credenciados e ao estacionamento de uma locadora de veículos. Para os motoristas, o projeto prevê que as empresas de aplicativos organizem filas virtuais para uma melhor organização do fluxo de chamadas.

Táxis

Além disso, a intenção da Aena é que as vagas de táxi fiquem concentradas no piso superior. Dessa forma, das atuais oito posições para táxis do piso inferior, sete passariam a ser dedicadas a carros de aplicativos. Permaneceria no local uma vaga destinada a táxi adaptado para passageiros com necessidades especiais. Essa medida ainda depende de aprovação da Prefeitura de São Paulo. Caso aprovada, o total de vagas para carros de aplicativos no piso inferior subiria para 59.

Futura praça de integração

Para 2025, a Aena prevê uma segunda fase do projeto com a criação de uma praça para o embarque de passageiros em carros de aplicativos. Com cerca de 70 vagas de parada, o local ficará na cobertura do atual edifício garagem, com acesso facilitado logo após a saída do desembarque de voos. Para aumentar o conforto dos passageiros, serão criadas áreas comerciais e lounges de espera.

A entrada e a saída dos carros de aplicativos na praça serão feitas por dois novos viadutos de acesso, desviando esses veículos do tráfego das vias do aeroporto. As obras deverão ser iniciadas no segundo semestre deste ano.

Os estudos para os diversos projetos de melhoria do tráfego no Aeroporto de Congonhas estão sendo feitos em colaboração com a Secretaria Municipal de Mobilidade e Trânsito. A Aena também está em constante contato com todos os atores envolvidos, como demais órgãos públicos, empresas de transporte por aplicativo e cooperativas de táxi.


Tópicos relacionados