Grupo Lufthansa altera valores da taxa de transação no GDS

|


Lufthansa Group
Companhias do Lufthansa Group cobram taxa DCC por transação no GDS
Companhias do Lufthansa Group cobram taxa DCC por transação no GDS
Lufthansa, Swiss, Austrian Airlines, Brussels Airlines e Air Dolomiti ajustarão os valores cobrados sobre a Distribution Cost Charge (DCC), que é a taxa que o Grupo Lufthansa exige para transações em GDS.

O valor, que atualmente é fixo em US$ 21, mudará conforme o GDS utilizado pelo agente de viagens. A mudança entrará em vigor a partir de 1.º de setembro e terá como base a data de emissão do bilhete.

"O ajuste está de acordo com o compromisso das companhias aéreas do Lufthansa Group de aumentar sua transparência, refletindo com precisão o custo do GDS", comunica a companhia aérea.

Segundo a empresa, o encargo de distribuição continuará sendo cobrado por meio da taxa YR em todos os GDSs e terá os seguintes valores (por bilhete):

• US$ 18,50 para reservas no Amadeus (1A)
• US$ 20,50 para reservas no Sabre (1S/1B)
• US$ 24 para reservas no Travelport, ou seja, Galileo (1G), Apollo (1V) ou Worldspan (1P).

Os canais de distribuição direta continuarão isentos da taxa DCC.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA