EMPRESAS

American encerrará voos diários entre Rio e Nova York

Reprodução
A American Airlines encerrará sua operação regular entre Rio de Janeiro e Nova York a partir de março de 2019. A empresa informa que o voo será realizado de forma sazonal em dezembro do próximo ano.

Em comunicado, a transportadora garante que a ligação entre o Rio e Miami estará mantida com saídas diárias.

“A empresa está simplesmente gerenciando sua capacidade em resposta às condições do mercado. A American Airlines avalia sua rede de voos baseada na oferta e demanda em cada rota para garantir sucesso de longo prazo frente à competição global”, esclareceu, em nota.

O voo entre o aeroporto de Galeão e o terminal de Nova York (JFK) é feito com um Boeing 777-200. A aérea informou que o equipamento será mantido após o encerramento da operação regular.

Esse não é o primeiro anúncio de enxugamento da malha da transportadora no Brasil. Em março, a American avisou o mercado do cancelamento de seu voo entre Belo Horizonte e Miami. A capital carioca também deixará de ter ligação direta com Dallas.

A rota São Paulo-Miami deixará de ser servida no período da manhã a partir de 21 de agosto. O serviço para Los Angeles perderá uma saída e terá quatro por semana a partir de 19 de dezembro.

Além de São Paulo e Rio de Janeiro, Brasília e Manaus são as outras cidades servidas pela norte-americana. Com o corte na malha, a conexão entre ambos os países contará com 59 voos semanais.

O MERCADO REGIONAL
A redução de oferta na região Sudeste vem em um momento em que o Nordeste entra em evidência com a abertura de hubs de competidoras, a exemplo da Gol, que anunciou voos de Fortaleza aos Estados Unidos. A American não informa se pretende voar para alguma cidade nordestina.

É sabido também que a Latam Airlines assinou um contrato de joint business agreement (JBA) com a American. O acordo foi aprovado pelo Cade, mas só poderá ser aplicado após a assinatura dos céus abertos ser feita por Michel Temer.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA