} Dreamliner da Qantas é rebocado por carro da Tesla; veja vídeo | Empresas | PANROTAS
EMPRESAS

Dreamliner da Qantas é rebocado por carro da Tesla; veja vídeo

Divulgação/Qantas
A diferença de tamanhos impressiona
A diferença de tamanhos impressiona
É normal andar pelas ruas e ver caminhões rebocarem automóveis quebrados. Mas e um carro puxar um avião? O que parece improvável tornou-se realidade ontem (15) na Austrália.

O veículo elétrico Tesla X P100 foi responsável por cumprir essa missão quase impossível ao “transportar” o Boeing 787-9 Dreamliner da Qantas por cerca de 300 metros.

A ação aconteceu na pista do aeroporto de Melbourne e entrou para o Guinness, o livro dos recordes, pelo reboque mais pesado por um veículo de passageiros de produção elétrica.

O novo jato da aérea, que foi carregado sem passageiros, tem capacidade para transportar 236 pessoas, pesa 130 toneladas e tem mais de 60 metros de comprimento. Muito menor, o Tesla X acomoda de cinco a sete assentos e conta com uma capacidade de reboque de 2,5 toneladas.

A união das duas empresas não se deu por mera coincidência. A Qantas explicou, via comunicado, que trabalhar com a Tesla é parte da estratégia de reduzir as emissões de efeito estufa.

A transportadora contabiliza dez mil peças de equipamentos de serviços terrestres, como caminhões de catering, carregadores de aeronaves e outros veículos movidos a diesel.

Essa ação já foi praticada outras vezes entre ambas as empresas. Os aeroportos de Sidney e Camberra já foram palco de reboques de jatos da Qantas pelos carros elétricos da Tesla em anos recentes.

Assista ao vídeo abaixo:


 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA