Turkish recusa participação no Skytrax deste ano | Empresas | PANROTAS
EMPRESAS

Turkish recusa participação no Skytrax deste ano


Divulgação/ Boeing
Após ostentar durante anos as estrelas recebidas pela Skytrax, a Turkish Airlines diz não a essa que é a principal auditoria do tráfego aéreo comercial no mundo. De 2011 a 2016, a companhia foi eleita a melhor da Europa em seu segmento, com quatro estrelas, mas no ano passado a Lufthansa levou a melhor e faturou o prêmio máximo, cinco estrelas, e foi categorizada como a melhor do continente, deixando a turca em segundo lugar.

A Turkish justifica dizendo que a partir de agora tomará como base apenas o feedback direto de seus passageiros, e garante que sua malha internacional está mais robusta do que qualquer outro concorrente. "Estamos voando para mais países e destinos internacionais do que qualquer outra companhia aérea, e nosso objetivo é aperfeiçoar a experiência de voo, oferecendo a nossos passageiros novos serviços, em particular os lançados nos últimos anos", aponta a aérea, em comunicado oficial.

Entre passageiros e carga, a Turkish ostenta uma frota de 325 aeronaves, que voam para mais de 303 destinos no mundo, sendo 254 internacionais e 49 nacionais, em 121 países.

A Turkish ainda aponta que agora o foco é o novo aeroporto de Istambul, que será lançado em 29 de outubro e promete ser uma referência em arquitetura e tecnologia.

No ano passado, a Qatar foi a campeã do World Airline Awards, o ranking da Skytrax em questão. A aérea desbancou sua principal, Emirates, vencedora em 2016. Confira o ranking de 2017 clicando aqui. A edição de 2018, portanto sem a Turkish, deve sair ainda neste mês.

A aérea turca voa direto de Guarulhos a Istambul diariamente.


 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA