EMPRESAS

Gol apresenta em SP sua primeira aeronave Boeing 737 Max 8

Emerson Souza

Foi apresentado oficialmente em São Paulo, na noite desta terça-feira (28), o primeiro Boeing 737 Max 8 da Gol Linhas Aéreas. A aeronave é parte da encomenda de 120 unidades que a companhia fechou com a fabricante americana. Dentre os seus principais diferenciais, a aeronave conta com uma autonomia de voo de cerca de 6,5 mil quilômetros, e seu motor ainda dispõe de uma redução de consumo de combustível e emissão de gases poluentes em 15%.

"A Gol está prestes a completar 18 anos de vida e é com muito orgulho que damos início a uma nova fase. Até 2027, estaremos com uma frota completamente diferente da que dispomos agora, visto que já estamos reformulando os nossos produtos e serviços", afirmou o presidente da aérea, Paulo Kakinoff.

O novo modelo, aliás, já conta com operações definidas. Segundo o executivo, para a Flórida (Miami e Orlando), serão dois voos diários com saídas de Brasília e passando ainda pelo hub da companhia, em Fortaleza. "É uma operação inédita na aviação brasileira. E quando for inaugurado o voo entre Brasília e Orlando, será o voo comercial direto mais longo percorrido por um B737 da história”, detalhou.

Emerson Souza
Celso Ferrer, Paulo Kakinoff e Eduardo Bernardes, da Gol, com Ricardo Cavero, da Boeing, ao centro
Celso Ferrer, Paulo Kakinoff e Eduardo Bernardes, da Gol, com Ricardo Cavero, da Boeing, ao centro

Presente no evento, o vice-presidente de vendas para América Latina da Boeing, Ricardo Cavero, destacou a parceria duradoura das empresas, bem como a exclusividade da aeronave. "Este é o modelo mais moderno e mais avançado tecnologicamente, e estreá-lo no Brasil após um ano de lançamento oficial, sobretudo em parceria com a Gol, demonstra a importância desse mercado e o nosso interesse contínuo."

PARA OS PRÓXIMOS MESES
De acordo com Kakinoff, toda a modernização da frota acontecerá até 2027. "Em média, teremos um novo avião disponível a cada 40 dias. Até dezembro, já contaremos com seis aeronaves", revelou o executivo.

Além dos novos aviões, a companhia segue audaciosa para o lançamento de novos destinos. Em dezembro deste ano, a Gol lançará sua nova operação para Quito, no Equador. Contudo, segundo o presidente da área, o plano é ir além. “A nossa meta é lançarmos um novo destino a cada semestre, e apostamos que essa estratégia será concretizada nos meses que virão”, afirmou.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA