EMPRESAS

Avianca Brasil deixará Miami, Nova York e Santiago em 31/3


A Avianca Brasil já está com o seu plano de reestruturação adiantado, que deve ser apresentado em 14 de fevereiro ao juiz de sua recuperação judicial, Tiago Henrique Limongi. Segundo o vice-presidente de Vendas e Marketing da Avianca Brasil, Alberto Weisser, a empresa deixará de voar, em 31 de março, para Miami, Nova York e Santiago. As operações internacionais da Avianca Holdings, baseadas na Colômbia, e da Avianca Argentina, em Buenos Aires, não serão afetadas com essa saída da Avianca Brasil do internacional. Assim, passageiros do Brasil poderão voar para a capital argentina com a Avianca Argentina e para a Colômbia com a Avianca internacional, com conexões para outros destinos.

A Avianca Brasil já está avisando ao mercado sobre o plano de reacomodação dos passageiros com passagens para esses destinos (Miami, Nova York e Santiago). A companhia deve soltar uma nota oficial em breve.

No doméstico, o plano da empresa é continuar voando para todos os destinos atuais (26), com 38 aeronaves. Serão, segundo o plano, 243 voos diários para 28 aeroportos no Brasil. Da frota de 50 aeronaves da companhia, a empresa deve seguir, em 2019, com 38. Todos os A330 serão devolvidos.

Divulgação/Avianca Brasil
Alberto Weisser, vice-presidente da Avianca Brasil
Alberto Weisser, vice-presidente da Avianca Brasil

LEIA O COMUNICADO DA AÉREA NA ÍNTEGRA:


A Avianca Brasil informa que, para adequar sua operação à atual demanda de passageiros, irá descontinuar os voos diretos que partem de Guarulhos com destino a Santiago do Chile, Miami e Nova York, a partir de 31 de março de 2019.

A empresa segue focada em garantir a sustentabilidade do negócio e em manter a excelência do atendimento, que está em seu DNA. Reforça que TODOS os demais 26 destinos estão preservados e que continua operando normalmente, com mais de 240 voos diários. Ou seja, assim como em dezembro - mês em que foi a aérea com o menor percentual de voos cancelados do País - seguirá transportando em segurança milhares de passageiros até seus destinos.

Passageiros impactados:
A Avianca Brasil entrará em contato com todos os clientes que compraram bilhetes para voos posteriores à data mencionada e os casos serão resolvidos individualmente.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

As mais lidas agora