EMPRESAS

Boeing estende cronograma para upgrade do software do Max

A FAA revelou ontem que as alterações propostas pela Boeing para o seu software de controle de voo da família 737 Max precisarão de um “trabalho adicional”, e podem não estar prontos para avaliação dos órgãos reguladores para uma revisão final por mais seis semanas. As informações são do ATW.

Wikicommons/pjs2005

O órgão afirmou que a fabricante norte-americana precisa de mais tempo para trabalhar “como resultado de uma revisão contínua” das mudanças no software. A FAA então planeja uma “revisão rigorosa” das mudanças propostas, que a Boeing detalhou publicamente no dia 27 de março.

Em nota, a Boeing diz que continua a trabalhar com a Administração Federal de Aviação dos EUA e outras agências reguladoras em todo o mundo no desenvolvimento e certificação do programa de atualização e treinamento de software. "Estamos trabalhando para demonstrar que identificamos e abordamos apropriadamente todos os requisitos de certificação e estaremos enviando para a revisão da FAA depois de concluídas nas próximas semanas."

Procurada, a FAA preferiu não comentar.


*Fonte: ATW

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA