EMPRESAS

Virgin teve prejuízo de 26,1 milhões de libras em 2018


Divulgação
Companhia ainda se recupera financeiramente
Companhia ainda se recupera financeiramente
A Virgin Atlantic sofreu os impactos do enfraquecimento da economia do Reino Unido, custos mais altos de combustíveis e problemas com os motores Trent da Rolls Royce. A empresa teve prejuízo de 26,1 milhões de libras em 2018, menos que a perda de 49 milhões de libras em 2017, de acordo com o portal Travel Mole.

A receita total subiu 5,8% para 2,78 bilhões de libras após um aumento de quase 5% no número de passageiros para 5,4 milhões e alta de 1,7% na receita por cliente. "Embora o prejuízo seja decepcionante, nosso desempenho melhorou em 2018, apesar das condições econômicas desafiadoras e nos colocou em uma trajetória de crescimento e retorno à lucratividade", disse o CEO, Shai Weiss.

O chefe de Finanças, Tom Mackay, disse que, embora os fatores econômicos continuem a desafiar a companhia aérea no próximo ano, a Virgin Atlantic está em uma posição de caixa forte. Em setembro deste ano, a companhia lançará voos entre Tel Aviv, em Israel, e Londres. Para 2020, a Virgin lançará a rota entre Londres e São Paulo.


*Fonte: Travel Mole

conteúdo original: https://bit.ly/2Z46a5N
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA