Avianca está novamente entre as mais sustentáveis do mundo

|

A Avianca Holdings foi incluída pelo terceiro ano consecutivo no Índice Dow Jones de Sustentabilidade para a região da Aliança Mila-Pacífico, o primeiro índice de sua categoria focado na avaliação do desempenho social, econômico e ambiental das organizações com melhores práticas de sustentabilidade da Aliança do Pacífico.

Esse índice reconhece as empresas que possuem os mais altos padrões de sustentabilidade e ética. O universo de empresas convidadas era de 31 e das quais 23 foram avaliadas.

Empresa entra pela terceira vez consecutiva no ranking
Empresa entra pela terceira vez consecutiva no ranking

Graças a essa nova inclusão, a Avianca Holdings demonstra seu compromisso como empresa cidadã, alcançando uma gestão responsável, ética e transparente e trabalhando para a melhoria de seu desempenho sustentável.

De acordo com a diretora de Cidadania Corporativa e Relações Públicas da Avianca Holdings, Alejandra Cardona, estar nesse ranking é de grande importância para a empresa. “´É um reconhecimento que reafirma nosso compromisso de contribuir para a construção da cidadania na América Latina por meio de nossa gestão responsável, consistente e eficaz, através da consolidação de práticas que geram valor econômico, social e ambiental para nossos stakeholders. Na Avianca, estamos comprometidos com o desenvolvimento sustentável e trabalhamos todos os dias para isso, buscando um futuro melhor para todos aqueles que compõem nossa cadeia de valor”, disse ela.

Índice de Sustentabilidade Dow Jones (DJSI) é o primeiro índice regional desse tipo, representando o mercado MILA latino-americano integrado do qual fazem parte o Chile, a Colômbia, o México e o Peru. Foram convidadas 141 empresas, das quais 18 correspondem à Colômbia, 36 ao Chile, 77 ao México, 8 ao Peru e 2 ao Canadá. As empresas colombianas convidadas a participar pertencem aos setores financeiro, construção, telecomunicações, alimentos, energia e transporte.

O índice é ponderado pela capitalização de mercado ajustada por “free float”, ou capitalização flutuante. Trimestralmente, o peso máximo de qualquer constituinte do índice é limitado a 10% do índice. A DJSI reitera a integração do MILA e amplia as opções de investimento “verdes” ou “sustentáveis” no mercado de capitais. Expande o universo de opções de investimento, desenvolvendo uma nova classe de ativos sustentáveis que no mundo de hoje é cada vez mais relevante para os investidores.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA