EMPRESAS

American Airlines deve retornar com Boeing 737 Max em janeiro


Divulgação
Retorno deverá ser gradual, segundo a companhia aérea
Retorno deverá ser gradual, segundo a companhia aérea

A American Airlines deverá voltar a operar com o Boeing 737 Max a partir de janeiro. A aeronave está proibida de operar em todo o mundo, depois de dois acidentes com mais de 300 mortes na Indonésia e Etiópia.

De acordo com a nota divulgada pela AA, o software da aeronave foi atualizado, o que permitirá a certificação da aeronave ainda neste ano. O primeiro voo do 737 Max pela American Airlines está previsto para acontecer no dia 16 de janeiro do ano que vem. A companhia, no entanto, espera retomar as operações do Max de maneira gradual, aumentando o número de voos pelo menos até fevereiro.

A American Airlines também garantiu que todos os passageiros que tenham reservas em voos operados com um Max serão acomodados automaticamente em voos em aeronaves 737-800 com a mesma configuração de assento. Já os clientes com voos operados pelo Max entre 7 a 15 de janeiro serão acomodados em um mesmo voo, porém, em uma aeronave diferente – 737-800 ou Airbus.

Ainda segundo o comunicado, a partir de 13 de outubro, uma equipe especializada entrará em contato com os passageiros que forem impactados por possíveis cancelamentos. “Os clientes que reservaram através de um agente de viagens serão contatados diretamente por sua agência”, informou a empresa.


 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA