Air Europa passa a operar São Paulo-Madri com o B787-9

|

Divulgação
A aeronave terá nova configuração 1-2-1 na classe business, permitindo que todos acessem o corredor
A aeronave terá nova configuração 1-2-1 na classe business, permitindo que todos acessem o corredor
A partir de hoje (3), a Air Europa passa a operar a rota São Paulo-Madri com o Boeing 787-9. A aeronave possui maior desempenho ecológico, menor tempo de voo e menos ruído; e chegará com uma nova configuração na classe business, permitindo que todos os passageiros tenham acesso ao corredor. O uso do novo Dreamliner faz parte do plano de renovação da frota em nível mundial.

“A companhia tem um plano mundial de renovação de sua frota até 2022. Temos por objetivo ter equipamentos modernos que atendam aos mais altos níveis de exigência do público. O dreamliner já é conhecido de nossos passageiros, que agora poderão aproveitar uma atualização que amplia suas qualidades”, explicou o gerente geral da Air Europa no Brasil, Gonzalo Romero.

A aeronave diminui em até 40 minutos o tempo de voo, consome até 20% menos combustível, emite menos dióxido de carbono na atmosfera e apresenta 60% menos ruído na cabine e mais entrada de luz natural. Além disso, a Air Europa traz uma nova configuração para a classe business com o desenho 1–2–1, permitindo que todos os passageiros tenham acesso ao corredor, além de maior privacidade e espaço.

A nova configuração ampliou em oito lugares a classe executiva, comportando 32 passageiros. Ao todo, o 787-9 tem capacidade para 333 passageiros, um aumento de aproximadamente 13%, em comparação com 787-8.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA