Gol atualiza regras de cancelamento durante crise do coronavírus

|



A Gol Linhas Aéreas enviou comunicado na noite deste sábado, 14, atualizando suas regras de política de cancelamento e remarcações de voos durante a crise mundial causada pela pandemia de coronavírus. Leia a seguir.

“A GOL informa que o seu principal compromisso é com a Segurança dos Clientes e dos Colaboradores.

Desde o surgimento do coronavírus (covid-19) no Brasil, a GOL tem acompanhado de perto as recomendações dos órgãos responsáveis e, atenta ao bem-estar e conforto do planejamento da viagem de seus clientes, compartilha a flexibilização das políticas de remarcação e cancelamento de viagens nacionais e internacionais, em seus voos operados ou em conexão com companhias parceiras.

A Companhia segue com as operações, cumprindo os mais rigorosos padrões de segurança e confiante na mudança deste cenário. Caso o Cliente opte por não viajar neste momento, as orientações para voos nacionais e internacionais marcados para até 14 de maio de 2020, são:

Cancelamento e crédito
O Cliente poderá cancelar sua viagem e manter o valor em crédito para voos futuros. O valor estará disponível integralmente por um ano, a contar da data da compra;

Remarcação
Se preferir, poderá remarcar sua viagem para qualquer período dentro de 330 dias, a contar da data da compra. A taxa de remarcação não será cobrada, incidindo apenas a diferença entre as tarifas, se houver;

Cancelamento e reembolso
Ao optar por cancelar viagens e solicitar reembolso, não haverá taxa de cancelamento. Contudo, a taxa de reembolso poderá ser cobrada, dependendo da regra da tarifa escolhida.

Compra com tranquilidade
Caso o Cliente queira adquirir uma passagem, as poli´ticas de cancelamento e remarcação descritas acima serão aplicadas para voos até 14 de maio de 2020.

Mais tempo

A GOL sugere que os Clientes realizem as modificações do seu voo e obtenham mais informações nos canais digitais, voegol.com.br e App GOL. A Central de Relacionamento com o Cliente 0300-115-2121 também estará à disposição, e priorizará os passageiros com voos marcados em até 72 horas".

VOEPASS
A companhia aérea regional Voepass, ex-Passaredo, também emitiu novo comunicado:

"A companhia reduziu sua oferta de voos. Para os passageiros com bilhetes marcados em algum dos voos cancelados, a VOEPASS está disponibilizando a acomodação em outros voos operados pela empresa, ou a remarcação para voos futuros sem a incidência de qualquer multa ou penalidade. Esses passageiros serão comunicados por e-mail.

Já para os clientes que desistirem de realizar suas viagens dentro desse período, as regras tarifárias também estão sendo flexibilizadas, podendo os bilhetes serem remarcados sem a incidência de qualquer taxa de remarcação ou multa, e caso haja diferença tarifária entre o valor da viagem original e do novo voo, esta será cobrada.

Caso os clientes não desejem realizar ou remarcar suas viagens, poderão sobrestar o valor do crédito para utilização posterior, durante o período de 1 ano a contar da data do voo planejado.

Em caso de dúvidas os clientes podem entrar em contato pelo SAC 0800-7770297 ou pelo e-mail sac@voepassaredo.com.br."

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA