Tap suspende 90% de colaboradorese governo paga parte do salário

|


Raphael Silva
Tap Air Portugal se reajusta para enfrentar a crise do novo coronavírus
Tap Air Portugal se reajusta para enfrentar a crise do novo coronavírus
A Tap Air Portugal afastou temporariamente nove mil funcionários, o que representa 90% de sua força de trabalho, devido à crise provocada pela pandemia do novo coronavírus, que enfraqueceu fortemente suas operações. A informação é da CNN Internacional, baseada em uma fonte da própria companhia aérea portuguesa.

A reportagem aponta que a suspensão será de 30 dias a partir de amanhã (2), prorrogáveis por mais 30 dias. Alentados por um quadro do governo, esses funcionários continuarão a receber dois terços de seus salários. Os 10% que permanecerão ativos terão redução de 20% de suas cargas e pagamentos.

Em condições normais, a Tap opera mais de três mil voos por semana, número que, a partir de amanhã, será reduzido a cinco serviços semanais: dois de Lisboa a Madeira e três da capital aos Açores.


*Fonte: CNN International

conteúdo original: https://cnn.it/2wXnf8v
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA