Ryanair planeja retomar 40% dos voos em julho

|


Divulgação
Com o retorno, a companhia vai restaurar 90% de sua rede de itinerários pré-covid-19
Com o retorno, a companhia vai restaurar 90% de sua rede de itinerários pré-covid-19
A Ryanair confirmou que retomará 40% de sua operação a partir de julho, uma programação diária de quase mil voos. Desde as restrições de viagens estabelecidas em março, a companhia opera 30 voos diários entre a Irlanda, Reino Unido e outros países da Europa.

"É importante que nossos clientes e nossa equipe possam retornar à programação normal a partir de julho. Depois de quatro meses, é hora de fazer a Europa voltar a voar para que possamos reunir amigos e famílias, permitir que as pessoas retornem ao trabalho e reiniciar o setor de Turismo que oferece milhões de empregos", afirmou o CEO da Ryanair, Eddie Wilson.

Para o retorno, a companhia adotou novos protocolos de saúde e segurança, como check-in online, verificação de temperatura na entrada do aeroporto, o uso de máscaras nos terminais e aeronaves e despacho reduzido de bagagens.


*Fonte: Breaking Travel News

conteúdo original: https://bit.ly/2WqSRNz
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA