KLM retomará 95% de sua malha europeia até agosto

|

Divulgação
A KLM anunciou que planeja retomar as operações de 95% de sua malha aérea europeia e voltar a atender 80% dos destinos intercontinentais até agosto. A aérea afirma estar reiniciando “gradual e cuidadosamente” as operações depois que os voos chegaram a uma “paralisação virtual” em abril. De acordo com o portal Flight Global, a aérea retomará em julho 80% de sua rede europeia e 75% dos destinos de longo curso, mas em menor frequência.

"A KLM optou por reiniciar o maior número possível de destinos primeiro, a fim de oferecer aos clientes uma ampla escolha e depois aumentar as frequências e a capacidade", afirmou a companhia aérea. Enquanto metade dos voos de longo curso da transportadora atualmente é apenas de carga, a KLM diz que, à medida que as restrições de viagens internacionais são relaxadas, "um número crescente de voos intercontinentais serão realizados novamente a partir de julho".

A KLM planeja operar 11 mil voos europeus e 2.100 de longo curso em agosto, pouco mais da metade da capacidade implementada em agosto de 2019. "A recuperação, portanto, começou com cautela, mas o nível de 2019 está longe de ser alcançado", completou.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA