Boeing deveria projetar substituto para 737 Max, diz CEO da Qatar

|

Divulgação
Akbar Al Baker, CEO da Qatar Airways
Akbar Al Baker, CEO da Qatar Airways
Em entrevista ao portal Airline Ratings, o CEO da Qatar Airways, Akbar Al Baker, afirmou que a Boeing deveria descartar seu problemático 737 Max e projetar um substituto o mais rápido possível. O executivo também disse à alta administração da Boeing no ano passado para começar imediatamente a projetar um substituto. O 737 Max está parado desde março de 2019, após dois acidentes fatais envolvendo a Lion Air e a Ethiopian Airlines.

“O nome do 737 Max ficou manchado após os dois acidentes e os passageiros não confiarão nele. Eles precisam começar com uma folha em branco”, afirmou Al Baker durante a entrevista. A Boeing tem trabalhado com reguladores de todo o mundo para chegar a um acordo sobre uma série de soluções que irão eliminar os cenários que levaram aos trágicos acidentes. Enquanto os testes são finalizados, os reguladores estão analisando os dados antes de dar permissão para que a aeronave volte a operar.

De acordo com o portal, muitos na indústria querem que a Boeing abandone o nome Max e nomeie a aeronave e suas quatro variantes como 737-7, 8, 9 e 10. O CEO da Qatar disse que a aeronave 737 Max de corredor único com 180-220 lugares é extremamente importante para a Boeing. “O corredor único é a espinha dorsal da empresa, eles devem continuar com um novo design”, afirmou.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA