Emirates reembolsa mais de US$ 1,4 bilhão aos clientes

|

A Emirates anunciou que, até o momento, reembolsou mais de US$ 1,4 bilhão relacionados aos cancelamentos de viagens devido à covid-19, fazendo progresso constante em seu compromisso com os clientes de atender às solicitações pendentes.

Divulgação
Emirates reembolsou, até o momento, mais de US$ 1,4 bilhão relacionados aos cancelamentos de viagens devido à covid-19
Emirates reembolsou, até o momento, mais de US$ 1,4 bilhão relacionados aos cancelamentos de viagens devido à covid-19
Mais de 1,4 milhão de pedidos de reembolso foram concluídos desde março, representando 90% das pendências da companhia aérea. Esse número inclui todas as solicitações recebidas de clientes do mundo todo até o final de junho, exceto alguns casos que exigem análise manual adicional.

Desde o início da pandemia, a aérea dedica recursos adicionais para aumentar sua capacidade de processamento. A empresa continua trabalhando com parceiros do setor para facilitar o reembolso aos passageiros que reservaram voos da Emirates por meio de agentes de viagens, permitindo o processamento direto pelo GDS.

"Entendemos que, do ponto de vista dos nossos clientes, é inaceitável ter solicitações de reembolso pendentes. Por isso, estamos empenhados em processar todos eles, tentando ao máximo eliminar o número alto de pendências causado pela pandemia”, diz o presidente da transportadora dos Emirados Árabes Unidos, Tim Clark.

Com a reabertura lenta dos mercados de viagens globais, a Emirates gradualmente retoma seus voos de passageiros em todo o mundo, adotando uma série de iniciativas para fornecer segurança e confiança, como medidas de biossegurança em cada etapa da viagem, cobertura médica gratuita para casos de covid-19 e políticas de reserva flexíveis.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA