ACI e Iata apelam em conjunto por abordagem global de testes

|

O Conselho Internacional de Aeroportos (ACI) e a Iata fizeram hoje (7) um apelo conjunto para uma abordagem globalmente consistente e sistemática de testes de covid-19 em passageiros internacionais como uma alternativa às medidas de quarentena.

Pixabay/Elchinator
Conselho Internacional de Aeroportos (ACI) e Iata apelam em conjunto por abordagem global e sistemática de testes de covid-19 em passageiros
Conselho Internacional de Aeroportos (ACI) e Iata apelam em conjunto por abordagem global e sistemática de testes de covid-19 em passageiros
Com uma paralisação global do transporte aéreo e cerca de 4,8 milhões de empregos na indústria perdidos ou sob ameaça, os governos devem cooperar para remover as restrições de quarentena e reiniciar as viagens aéreas.

A indústria da aviação, com foco na saúde e segurança dos viajantes e funcionários, tem trabalhado com o Conselho da Organização da Aviação Civil Internacional (Cart), que inclui a Organização Mundial da Saúde, para concordar e implementar uma abordagem em camadas para medidas de saúde que permitirá operações seguras em meio à pandemia.

“Aeroportos e companhias aéreas estão unidos na visão de que uma abordagem consistente para testar os passageiros ajudará a restaurar a confiança dos viajantes, evitar o fechamento de fronteiras e remover as pesadas medidas de quarentena que estão prejudicando os esforços da indústria da aviação para se recuperar”, diz o diretor-geral da ACI, Luís Felipe de Oliveira.

Para o diretor geral e CEO da Iata, Alexandre de Juniac, as fronteiras devem ser reabertas sem quarentena, com o teste sistemático sendo a chave para restaurar a conectividade. “Precisamos aprender a conviver com essa doença e isso inclui restaurar com segurança a liberdade de viajar. Já temos medidas em vigor para garantir viagens seguras por meio das recomendações da ICAO e testes em todo o mundo estão nos ajudando a demonstrar que temos uma tecnologia eficaz que pode ser integrada de forma eficiente ao processo de viagem.”

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA