Grupo Latam tem resultado negativo no 3T20 e US$ 3 bi disponíveis

|


Divulgação
O Grupo Latam Airlines informou na noite desta sexta-feira, 6, que, apesar de ter registrado um resultado líquido negativo de US$ 573,1 milhões no final do terceiro trimestre, sua situação financeira se mantém sólida, dispondo de US$ 3,3 bilhões compostos por US$ 866 milhões em caixa e US$ 2,45 bilhões em financiamento DIP.

A Latam faturou US$ 512,9 milhões entre julho e setembro, 80,8% a menos que no mesmo período do ano anterior. A queda é explicada pelas restrições das operações devido à crise de covid-19 e pela menor demanda por passageiros.
Quanto às receitas de carga, foi apresentado aumento de 12,8%, destacando-se o aumento das frequências entre Bogotá e Miami, e do Brasil para a China e Estados Unidos.

“Esses resultados refletem o profundo impacto da covid-19 na demanda aérea. No entanto, o grupo tomou as medidas e dispõe de recursos para enfrentar a crise. Continuaremos focados em nossa reorganização e, paralelamente, continuaremos trabalhando em projetos como a aliança com a Delta ou a transformação digital que fazem parte da visão de longo prazo do grupo", comentou o CEO do Grupo Latam Airlines, Roberto Alvo.

Durante o trimestre, os custos operacionais chegaram a US$ 1 bilhão, o que representa uma queda de 55% com relação ao mesmo trimestre de 2019. Em setembro, a Latam acessou o financiamento DIP de US$ 2,45 bilhões, tendo sacado até o momento US$ 1,15 bilhão, mantendo o restante disponível para sacar de acordo com as necessidades da empresa.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA