Veja fotos exclusivas do voo da Gol com colaboradores no 737 MAX

|


Divulgação/Gol
O presidente da Gol, Paulo Kakinoff, e sua família
O presidente da Gol, Paulo Kakinoff, e sua família
A Gol Linhas Aéreas realizou ontem um voo histórico, dentro de seu programa de voos teste para a volta de operações do Boeing 737 MAX, já autorizada pela Anac. Decolando de Congonhas, o voo levou a bordo diversos colaboradores da empresa, com suas famílias, incluindo o presidente da empresa, Paulo Kakinoff, o vice-presidente de Operações, comandante Celso Ferrer, e o membro da família Constantino e do Conselho de Administração, Joaquim Constantino. Confira fotos exclusivas abaixo. Kakinoff já havia adiantado ao Portal PANROTAS que faria esse voo e levaria a família para demonstrar a confiança na segurança do equipamento e no trabalho de Operações e Manutenção da Gol, que foi uma das primeiras a suspender os voos com o MAX, em março de 2019.

A Gol tem realizado múltiplos voos técnicos adicionais aos recomendados pelas autoridades aeroportuárias e pode ser a primeira empresa aérea do mundo a voltar com voos regulares com o MAX. Na semana que vem será realizado um voo com convidados e, posteriormente, terão início os voos comerciais.

Confira abaixo fotos exclusivas desse voo especial da Gol.

Divulgação/Gol
Joaquim Constantino e a família no voo da Gol com o 737 MAX
Joaquim Constantino e a família no voo da Gol com o 737 MAX
Divulgação/Gol
Kakinoff, a esposa e os dois filhos no pré-embarque em Congonhas (SP)
Kakinoff, a esposa e os dois filhos no pré-embarque em Congonhas (SP)

Divulgação/Gol
Executivos da Gol com os tripulantes do voo especial
Executivos da Gol com os tripulantes do voo especial
Divulgação/Gol
Colaboradores da Gol convidados para o voo
Colaboradores da Gol convidados para o voo

Divulgação/Gol

Divulgação/Gol
Comandante Celso Ferrer, também VP de Operações da Gol, com os filhos
Comandante Celso Ferrer, também VP de Operações da Gol, com os filhos

Divulgação/Gol
Divulgação/Gol




 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA