Delta dispensa diferença tarifária com exigência de teste nos EUA

|


Divulgação
Delta: regra vale para viagens de todos os destinos internacionais para os Estados Unidos
Delta: regra vale para viagens de todos os destinos internacionais para os Estados Unidos
Os Estados Unidos exigirão teste negativo de covid-19 para viajantes ao entrar no país a partir de 26 de janeiro e, por conta disso, a Delta Air Lines informa que dispensa diferença de tarifa nas passagens internacionais para clientes que remarcarem bilhetes internacionais comprados em ou antes de 12 de janeiro de 2021, quando a medida foi comunicada foi dada pelo governo norte-americano.

A diferença tarifária será dispensada para passageiros que originalmente se programaram para viajar internacionalmente para os Estados Unidos até 09 de fevereiro, se eles optarem por remarcar o voo para que ele seja realizado em ou antes de 25 de janeiro.

De acordo com a isenção de taxa de alteração praticada pela Delta, os clientes já podem reagendar sua viagem sem incorrer em encargos de remarcação. Para obter mais informações, visite delta.com.

Os viajantes são sempre incentivados a verificar o status do seu voo em Delta.com ou no aplicativo Fly Delta. Os clientes também podem receber atualizações diretamente em seus dispositivos móveis ou por e-mail por meio da ferramenta Notificação de Voo Único.

As informações em português também estão aqui.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA