Delta terá wi-fi mais potente a bordo a partir de maio

|

Divulgação
Até o fim de 2021, a Delta equipará 300 aeronaves com conectividade por satélite de alta velocidade (banda Ka) proporcionada pela Viasat, com planos de equipar quase toda a frota, das linhas principais, que voa nos Estados Unidos com esse sistema aprimorado até o final de 2022. A nova plataforma do Portal Delta, para ser usada a bordo e que chegará neste verão do Hemisfério Norte, permite que os passageiros se conectem, comprem, naveguem e assistam a conteúdo de streaming em alta velocidade no dispositivo de sua escolha.

“Tecnologia e entretenimento são partes essenciais da vida de nossos clientes”, disse o vice-presidente de Experiência de Marca, Byron Merritt. “Ao equipar nossa frota com recursos wi-fi aprimorados, estamos tomando medidas para garantir que possamos nos adaptar às diferentes maneiras pelas quais nossos viajantes usarão a tecnologia durante sua jornada, hoje e no futuro”.

O novo sistema wi-fi promete oferecer uma conexão confiável e com qualidade de streaming para todos a bordo, uma capacidade fundamental para a visão que a Delta tem em relação à futura experiência do cliente. A partir de junho, os viajantes em aeronaves habilitadas pela Viasat terão acesso à conectividade pelo custo constante de apenas US$ 8 por voo e por dispositivo, independentemente de seu destino. Basta entrar na rede DeltaWifi.com usando um laptop ou dispositivo móvel e adquirir o acesso por meio da nova plataforma do Portal Delta, a página inicial da experiência a bordo que estará disponível no final deste verão do Hemisfério Norte para aeronaves habilitadas pela Viasat.

Com o novo portal oferecido a bordo, os clientes poderão se conectar, comprar, navegar e assistir conteúdo de streaming a partir do dispositivo de sua escolha. A plataforma também permite acesso a mensagens grátis, bem como aos serviços do site Delta.com, sem nenhum custo extra. E o Portal Delta foi construído para evoluir conforme as necessidades do passageiro, com novos recursos planejados para entrar em uso no fim deste ano.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA