Qatar Airways terá 2 voos por dia entre São Paulo e Doha

|

Divulgação/Qatar Airways
Os investimentos da Qatar Airways nas Américas, incluindo o Brasil, não param. Depois de anunciar um aumento considerável de voos para os Estados Unidos e de chegar a 10 voos por semana entre São Paulo e Doha, a Qatar Airways já colocou no sistema a operação dupla diária no Brasil.

Em julho, a operação já subirá para 12 voos por semana e em 6 de agosto serão dois voos por dia entre São Paulo e a capital do Catar. Os brasileiros ainda não podem entrar no Catar como destino final e só estão autorizados a fazer conexões, um dos pontos fortes da Qatar, tendo a Ásia, África e Oriente Médio como opções de destinos.

Os dois voos diários do Brasil para o Qatar serão operadora com o A350-1000, com 46 assentos Q-Suites (business) e 281 na econômica. Nas Américas, apenas São Paulo e Nova York passam a ter dois voos diários da Qatar Airways.

Confira os horários:

GUARULHOS-DOHA
QR 774 02:40 - 23:00
QR 780 20:35 - 16:55

DOHA-GUARULHOS
QR 779 01:25 - 09:35
QR 773 07:30 - 15:40

Divulgação/Qatar Airways
QSuite do A350-1000 da Qatar Airways
QSuite do A350-1000 da Qatar Airways

Veja também como fica a malha da Qatar Airways para os ESTADOS UNIDOS:


Atlanta: 4 vezes por semana, retornando a operação a partir de amanhã, 1º de junho
Boston: aumento para 4 vezes por semana a partir de 3 de julho
Miami: aumento para 5 vezes por semana a partir de 7 de julho
Nova York: aumento para 2 voos por dia a partir de 21 de julho
Filadélfia: aumento para 5 por semana a partir de 2 de julho
São Francisco: aumento para voo diário a partir de 2 de julho
Seattle: aumento para voo diário a partir de 8 de julho.

Divulgação
Akbar Al Baker
Akbar Al Baker
De acordo com o CEO do Grupo Qatar Airways, Akbar Al Baker, “apesar de todos os desafios da pandemia, a Qatar Airways se manteve comprometida com seus clientes e parceiros do trade de Viagens e Turismo, mantendo serviços contínuos para a região”. A empresa chegou a cancelar o voo para Buenos Aires, mas não apenas manteve como aumentou a oferta no Brasil. No caso dos Estados Unidos, a recuperação da malha ainda incluiu dois novos destinos, São Francisco e Seattle. O presidente do grupo destacou ainda, nos Estados Unidos, a aliança estratégica com a American Airlines, Alaska Airlines e JetBlue.

A Qatar Airways, além de ser uma companhia cinco estrelas em diversos rankings, como o da Skytrax, também obteve a mesma classificação no combate e medidas de proteção à covid-19 a bordo e no Aeroporto de Doha.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA