Azul passa a voar com aviões maiores para Parintins (AM)

|

Divulgação
As frequências serão realizadas com os jatos da Embraer, modelo E-195, para 118 clientes
As frequências serão realizadas com os jatos da Embraer, modelo E-195, para 118 clientes
A demanda por parte dos clientes e o interesse em seguir expandindo sua malha aérea em Parintins e em todo o Estado do Amazonas fizeram a Azul revisitar sua estratégia de operação no município, que passará a receber voos com aeronaves maiores. A partir de 2 de agosto, as frequências, antes cumpridas com os aviões Cesnna Gran Caravan, de nove assentos, da Azul Conecta, serão realizadas com os jatos da Embraer, modelo E-195, para 118 clientes. As passagens para voos com a nova aeronave já estão disponíveis para compra a partir de R$ 199,96.

Essa estratégia é parte do plano da Azul em expandir sua operação no estado do Amazonas anunciado na semana passada. Base consolidada e com crescente demanda, a Azul decidiu pela mudança das aeronaves para aumentar a oferta de lugares e oferecer voos ainda mais rápidos e confortáveis. Desde que adquiriu a TwoFlex, no início do ano passado, a companhia atua no destino por meio de sua empresa sub-regional, a Azul Conecta.

Além da ampliação da oferta em Parintins, a companhia adicionará à sua malha mais oito cidades no Estado ainda no segundo semestre deste ano. As novas operações para Barcelos, Apuí, Eirunepé, Itacoatiara, Humaitá, Borba e Novo Aripuanã, terão seu início após a conclusão dos investimentos em infraestrutura aeroportuária. Com os novos destinos e a reativação de cidades, a companhia estará operando cerca de 27 voos diários a partir de Manaus e atendendo 23 destinos diretos desde a capital amazonense.
Divulgação
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA