Gol teve de reduzir operações em agosto para migrar para o Sabre Systems

|


PANROTAS / Artur Luiz Andrade
A Gol Linhas Aéreas, em comunicado ao mercado disponível no site para investidores, disse que em agosto teve de reduzir suas operações nos últimos dez dias do mês, por conta da migração de seu sistema de serviço ao passageiro para Sabre Systems. A migração deve trazer diversas melhorias e inovações, mas gerou, na transição, dificuldade de acesso ao site e aplicativo da companhia, e ainda ao portal B2B. Segundo comunicado da semana passada e declarações do diretor de Vendas, Renzo Mello, uma atualização estava sendo feita e o portal B2B já teria voltado ao normal. Há a expectativa agora para o lançamento de um pacote de melhorias na experiência do cliente, por conta dessa migração.

No mercado doméstico, a demanda (RPK) para os voos da Gol aumentou em 85% e a oferta (ASK) em 83% sobre 2020. A taxa de ocupação doméstica da empresa foi de 80,2%, um aumento de 0,8 p.p em relação a agosto de 2020. A Gol transportou 1,5 milhão de passageiros no mês, um aumento de 87% sobre agosto de 2020, mas uma queda de 400 mil clientes sobre julho de 2021, mês de alta temporada e considerado início da retomada das viagens no País. No sétimo mês do ano, a empresa fez 12.677 decolagens domésticas, contra 11.223 em agosto. A taxa de ocupação em julho foi de 84,5%.

Em relação a 2019 o resultado de agosto é ainda bem abaixo dos índices pré-pandêmicos. No mesmo mês há dois anos, a Gol transportou 3,1 milhões de clientes, com o corporativo a todo vapor, e fez 20.626 decolagens domésticas. A empresa também voava internacionalmente, o que deve retornar em novembro deste ano.



 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA