Anac segue monitorando casos de covid e gripe em tripulações

|

Unsplash/Kevin Woblick
A Anac relatou que está em contato direto com o Ministério da Saúde para relatar novos casos
A Anac relatou que está em contato direto com o Ministério da Saúde para relatar novos casos
Um novo aumento nos casos de covid-19 no Brasil e o crescimento nas infecções pela gripe influenza geram preocupação também no setor aéreo. Além do reajuste de voos e estratégias de companhias – como ocorreu com a Azul esta semana –, a Anac também se posicionou sobre o tema e disse que está monitorando casos de doenças respiratórias em pilotos, comissários e demais profissionais do setor.

À reportagem da CNN Brasil, a agência nacional informou que está em contato direto com o Ministério da Saúde para relatar o quadro de casos de gripe e covid-19 em tripulações.

“Com o objetivo de antecipar possíveis impactos na aviação e auxiliar no plano de ação das empresas aéreas, a agência já havia entrado em contato com representantes das companhias aéreas, aeroportos, concessionária, Empresas de Serviços Auxiliares de Transporte Aéreo (ESATAs) e órgãos de controle sanitário e de saúde”, informou em nota a agência.

A Anac ainda afirmou que tem atuado na preservação da saúde dos profissionais e dos passageiros que trabalham e utilizam o transporte aéreo. Ao mesmo tempo, informa que monitora as medidas adotadas pelas companhias para minimizar o impacto de atrasos e cancelamentos de voos.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA