Grupo Itapemirim afirma que notícia de venda é fake news

|

Divulgação/Rafaela Petermann/ITA
"O Grupo Itapemirim esclarece a seus clientes, fornecedores e colaboradores que não procede a informação divulgada nesta segunda, 17, sobre suposta venda das linhas e toda a estrutura de suas empresas. Também não está agendada coletiva de imprensa para esta terça, 18. Trata-se de fake News.

Toda informação referente aos negócios do Grupo Itapemirim é publicada em seu site e divulgada através de notas da assessoria de imprensa. Medidas jurídicas, no âmbito policial, estão sendo adotadas para identificar o autor ou autores deste crime digital, cujo objetivo é atingir o Grupo.

Grupo Itapemirim"

Um comunicado falso circulou ontem pelo mercado informando que o grupo, que está em recuperação judicial, havia sido comprado. Fontes ouvidas pelo Portal PANROTAS, no entanto, dizem que desde novembro a companhia aérea do grupo, ITA, vem recebendo propostas de compra, mas com a condição do afastamento de Sidnei Piva. Nenhuma foi adiante até o momento.

Ontem, fez um mês que a companhia aérea mais nova do País paralisou suas operações. Com suspensão do certificado de operação pela Anac e proibida de vender passagens pela agência reguladora, além de pressionada por Procons e pelo governo, a ITA ainda não tem previsão de retorno dos voos.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA