Qatar Airways fala dos planos para Copa do Mundo e além dela

|

Há mais de onze anos operando no Brasil, a Qatar Airways tem em 2022 a oportunidade única de ligar o “país do futebol” ao centro do mundo na modalidade por um mês. A 22ª edição da Copa do Mundo, que terá o Catar como casa, aparece este ano como uma ferramenta de propulsão para o Turismo da região e garantia de bom fluxo para as aéreas que lideram o setor por ali. Na Qatar, a expectativa não é diferente e, a menos de onze meses da competição, a projeção é de alta de 50% nas vendas, não apenas no período da Copa mas antes e, principalmente, depois do evento.

PANROTAS / Emerson Souza
Renato Hagopian, da Qatar Airways
Renato Hagopian, da Qatar Airways
“Este é um ano muito importante para a Qatar Airways”, reforça o diretor da companhia para a América Latina, Renato Hagopian”. A expectativa de vendas, naturalmente, é muito alta. Nas vendas de destino Doha, temos estimativas de aumentar em mais de 50%. Para o restante dos destinos, tudo depende da abertura de fronteiras para brasileiros, já que em termos de oferta de assentos e rotas, a empresa está pronta”, complementa.

O executivo sublinha a importância das conexões com a Tailândia para o êxito das viagens de brasileiros que queiram acompanhar o mundial. “Se, por exemplo, acontecer uma reabertura total da Tailândia para o Brasil, onde a Qatar está operando dois voos diários para Doha a partir de São Paulo, podemos falar em crescimento acima de 80% para essa rota”, diz.

NEM TUDO É COPA
Muito embora a Copa do Mundo seja sim entendida como o fato do ano para a Qatar outras novidades vão aparecer em 2022. Segundo informa Hagopian, a empresa segue em expansão e aumento de frequências para destinos em todo o mundo. “Acabamos de anunciar novas rotas para destinos inéditos como Kano (KAN) e Port Harcourt (PHC), a partir de 2 e 3 de março, via Abuja, capital da Nigéria, afirma. Esse nível de expansão para o ano está sustentado, na opinião do executivo, nos nichos de viagens que tendem a crescer nos próximos meses.

“O lazer deve prosseguir em alta, com crescimento sólido comparado ao ano passado, especialmente no segmento luxo”, aposta Hogopian.

PRIORIDADES
O diretor da aérea para a América Latina lembra ainda que toda essa conjuntura desenhada para o ano acontece a partir da preocupação primordial para o momento, que é a efetividade do conjunto de protocolos de saúde e segurança contra a covid-19, sintetizada pela campanha “The Airline you can rely on” (a companhia com a qual você pode contar).

“Durante toda a pandemia continuamos a levar os clientes onde eles precisam estar e garantindo a todos flexibilidade em nossa política Travel with Confdence, que foi estendida para viagens completas até 30 de setembro de 2022”, alerta o executivo.

Outro ponto destacado por ele tem a ver com as ações sustentáveis da empresa, que ficam mais claras com as aquisições e uso de aviões novos e mais eficientes.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA