Embraer amplia parcerias em tecnologias de voo autônomo

|

Divulgação
Embraer pretende avançar no desenvolvimento de produtos como o eVTOL
Embraer pretende avançar no desenvolvimento de produtos como o eVTOL
Em um processo de aceleração do futuro da aviação autônoma, a Embraer anunciou novas parcerias tecnológicas com empresas globais especializadas em inovações na área de sistemas autônomos. Os acordos são parte do Projeto EASy (Embraer Autonomous System), iniciativa da companhia em sistemas autônomos que utiliza processos experimentais ágeis para o desenvolvimento de soluções que viabilizarão a aviação autônoma do futuro.

As empresas americanas Near Earth Autonomy, Iris Automation e Ansys, a suíça Daedalean e a brasileira Motora.ai estão trabalhando com a Embraer para acelerar a criação de tecnologias que transformam a mobilidade aérea futura, em linha com a estratégia da Embraer de estabelecer sólidas parcerias no ecossistema global de inovação. As companhias atuarão juntas em inovação aberta para desenvolver e avaliar diversas novas tecnologias de voo autônomo em ambiente de simulação e em condição reais de voo.

“Temos trabalhado intensamente para co-criar o futuro da aviação em ampla colaboração com importantes parceiros tecnológicos. É uma satisfação ter a Near Earth Autonomy, Iris Automation e Daedalean contribuindo com seus conhecimentos e experiência, a Ansys com suas tecnologias de simulação, e a Motora que traz agilidade e flexibilidade em integração de software para somar ao nosso projeto de pesquisa”, disse Maurilio Albanese Novaes Junior, Head de Desenvolvimento Tecnológico da Embraer.

Com o trabalho conjunto, a Embraer pretende "avançar em produtos inovadores, conforme continua sua busca por eficiência e sustentabilidade, como já ocorre no desenvolvimento do eVTOL", o veículo elétrico de decolagem e pouso na vertical, desenvolvido pela Eve, a empresa de Mobilidade Aérea Urbana da Embraer.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA