Latam Pass migrará plataforma nas próximas semanas

|

De IBM para o iFly da IBS. A migração de plataforma do Latam Pass acontecerá nas próximas semanas, segundo informou o diretor geral do programa de fidelidade da Latam Airlines, Martin Holdschmidt, que comanda a área desde março de 2021.

Essa será a segunda grande movimentação tecnológica do programa, alinhada com o processo de transformação digital da Latam Airlines. A primeira migração ocorreu em março, com a nova plataforma de resgate aéreo. O sistema foi integrado ao da Latam e passou a oferecer mais detalhes e serviços aos usuários, como check-in automático, alterações e remarcações e melhorias gerais no resgate do aéreo.

A migração de maio terá mais mudanças internas e de back-office do que mais visível aos usuários, mas é o que dará mais estabilidade a todo o sistema e também permitirá mais mudanças previstas à frente. Todas as integração, por exemplo, serão feitas por APIs.

Ainda não será nessa versão que o modelo de pagamento dinheiro mais pontos será implementado, mas segundo o diretor do Latam Pass, o lançamento está no pipeline. “Temos muitas entregas nos próximos meses e essa do pagamento está no pipeline. Hoje se o cliente não tem saldo para emitir uma passagem com pontos, pode acessar um link para compra de pontos extras, mas o ideal é ter tudo na plataforma, com o pagamento em dinheiro e pontos”, explica.

O Latam Pass tem 23 milhões de usuários no Brasil e 40 milhões no mundo, sendo o quarto do mundo, segundo Holdschmidt. Só fica atrás dos programas da American, Delta e United.

Martin Holdschmidt também falou ao Portal PANROTAS sobre a proibição e os riscos de venda de milhas (pontos) para OTAs especializadas. LEIA AQUI.
Esta empresa apoia o Fórum PANROTAS 2022
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA