Qual será o impacto das altas tarifas na demanda aérea?

|

PANROTAS / Artur Luiz Andrade
Alex Savic, da United, no IPW 2022
Alex Savic, da United, no IPW 2022
O vice-presidente para América Latina da United Airlines, Alex Savic, participou do IPW Focus, sessões de entrevistas e apresentações do IPW 2022, em Orlando, e falou sobre os caminhos da aviação no pós-pandemia.

Questionado sobre a questão da falta de mão de obra na aviação, Savic confirmou o gargalo e disse que as empresas vão ter que investir mais na formação de pilotos, já desde a faculdade, algo que a United já vem desenvolvendo.

Sobre os altos preços das passagens aéreas, que não é exclusividade do Brasil, mas um efeito mundial, por diversos motivos, como o alto preço do combustível e inflação, Alex Savicz disse que vai sim haver um impacto na demanda e que será preciso medidas de financiamento para recuperar os passageiros.

Ele se refere a facilidades em meios de pagamento, como já existe no Brasil, com os parcelamentos em boletos, cheques ou cartão de crédito. “Os latino-americanos são muito criativos e já têm diversas dessas iniciativas”, afirma.

Fatores que também irão impactar nessa equação são a volta da China ao mercado, o retorno dos aviões parados e o fim do medo de viajar (por causa da pandemia, seus riscos e restrições).

PARCERIAS COM DESTINOS

O VP da United também disse que, nessa retomada, companhias aéreas e parceiros como destinos e operadores, terão de aprender a dividir riscos e serem mais parceiros. “As empresas aéreas estão mais reticentes em bloquear seus inventários, em arriscar em novos destinos, e essas operações precisam ser boas para todos. Teremos mais rotas, mais destinos, mas o modelo de divisão de riscos vai sofrer ajustes”, explicou.

O executivo também vê boas oportunidades para destinos secundários, as cidades menores que têm aeroportos e que se beneficiarão dos nomad digitais, que escolherão trabalhar e passar um tempo nesses lugares.

O fluxo regional para aeroportos pequenos, com aeronaves de pequeno porte, também deve voltar com força, com diversos serviços cancelados durante a pandemia (e substituídos por ônibus) prontos para serem retomados.

A PANROTAS viajou a convite da US Travel Association, com proteção GTA, incluindo contra covid-19, e voando American Airlines
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA